Timidez infantil no contexto familiar e escolar: suas consequências

Enviado em: 26 Jan 2014

Autores(as): Maria Rosa de Oliveira, Wenner Daniele Venâncio dos Santos 

Este trabalho apresenta como objetivo principal elucidar as implicações que a timidez pode causar na vida das crianças, além, do prejuízo escolar. As crianças que não desenvolvem um repertório adequado para se relacionarem tendem ao isolamento e podem apresentar queixa de baixa autoestima e timidez no desenvolvimento sócio emocional. A relação com a família tem grande contribuição no desenvolvimento e na formação dos conceitos, bem como, no desempenho escolar. O ambiente escolar é um local essencial na obtenção de habilidades sociais, onde, pais e professores, necessitam ser cautelosos ao repertorio das crianças colaborando para o sucesso de sua socialização. Foi realizado um estudo teórico através de livros, monografias e artigos de autores especializados no tema abordado. Estudos demonstram que timidez infantil não é uma doença, mas uma característica da individualidade da criança, que, entretanto, se torna uma dificuldade significativa quando passa dos limites de normalidade prejudicando a criança em seu convívio social. Portanto, orienta-se assim que especialmente os casos de timidez mais acentuados venham a ser tratados clinicamente.